Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quarta, 28 Fevereiro 2018 15:44
FLORESCER

Projeto estimula o cultivo de flores no Complexo Penitenciário

Ação da Gerência de Educação, Produção e Laborterapia contribui com a criação de um ambiente equilibrado e harmônico beneficiando servidores e custodiados

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Projeto Florescer busca estimular a prática da floricultura no Complexo Penitenciário Projeto Florescer busca estimular a prática da floricultura no Complexo Penitenciário Jorge Santos
Texto de Maysa Cavalcante

Além de proporcionar beleza, pesquisas comprovam que o cultivo de flores reduz o estresse e melhora o humor. Visando estimular a prática da floricultura no Complexo Penitenciário, a Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) irá destinar um hectare da sua área verde para o cultivo de flores pelos reeducandos.

 

Para potencializar os resultados, a gerência de Educação, Produção e Laborterapia (GEPL) criou o projeto Florescer, que tem como objetivo ampliar o número de flores cultivadas no cárcere. A chefe da GEPL, agente penitenciária Andréa Rodrigues, lembra que a ação promove a saúde mental dos servidores.

 

"Mesmo com todos os avanços, os agentes penitenciários ainda desenvolvem um trabalho de risco e isso provoca muita tensão. Futuramente, queremos utilizar essa área como um espaço para a descompressão dos servidores. A natureza proporciona muitos benefícios e contribui para o bem estar de todos", afirma.

 

Rodrigues revela ainda que a Seris está recebendo doações de mudas de flores para o Florescer. Os interessados em contribuir devem procurar a Fábrica de Esperança, situada no Complexo Penitenciário, em Maceió, ou entrar em contato com os profissionais da GEPL pelo número: (82) 3315-1090.