Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Sexta, 09 Fevereiro 2018 16:04
INVESTIMENTO EM SEGURANÇA

Obras do Cisp de Messias começam até março, diz Renan Filho

Governador ressalta solidez fiscal como fator determinante para investimentos

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Meta é chegar ao final de 2018 com 25 Centros Integrados em funcionamento Meta é chegar ao final de 2018 com 25 Centros Integrados em funcionamento (Foto: André Palmeira
Texto de Petrônio Viana

O governador Renan Filho anunciou, nesta sexta-feira (9), durante o lançamento das obras de ampliação do sistema de abastecimento de água do município de Messias, a instalação de um Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) na cidade. O projeto, de acordo com o governador, já foi licitado e a assinatura do contrato com a empresa escolhida deverá acontecer após o carnaval.

 

“Eu tenho um compromisso com Messias, de construir, aqui, um Centro integrado de Segurança Pública, um Cisp. Já fizemos a licitação, vamos assinar o contrato na primeira semana depois do carnaval e, no máximo, no começo do mês de março, estaremos aqui para dar início às obras. Na região, já temos um Cisp em São José da Laje, um em Murici e vamos fazer um em Messias, Rio Largo, Pilar, Marechal Deodoro e Satuba. Teremos praticamente toda a Região Metropolitana atendida com os centros de segurança”, afirmou Renan Filho.

 

De acordo com o prefeito de Messias, Jarbas Omena, o terreno onde será erguido o novo equipamento de segurança já foi definido. “Já disponibilizamos o terreno onde será instalado o Centro integrado de Segurança Pública e ele já foi passado para o Governo do Estado. Acredito que isso vá nos ajudar a conseguir a nossa agência bancária, porque o centro vai ficar a uma quadra do prédio cedido para a Caixa Econômica Federal. A segurança é um ponto importante. Isso traz para a cidade o conforto para que o cidadão possa passear com a sua família e frequentar o comércio. O Cisp e o novo sistema de abastecimento de água serão as obras mais importantes dos últimos 40 anos em Messias”, avaliou o prefeito.

 

Segundo o governador Renan Filho, a expectativa do Governo de Alagoas é chegar ao final do ano de 2018 com 25 Cisp’s em funcionamento em todas as regiões do Estado. “Esse já é o terceiro lote licitado. Já temos hoje 12 Centros Integrados de Segurança Pública em funcionamento e, no final do ano, teremos 25. Vamos fazer segurança com essa nova estratégia, que não existia em Alagoas, para, aproximadamente, um milhão de alagoanos, sendo quase 20 mil aqui em Messias”, garantiu.

 

“Um milhão de pessoas é muita coisa, sobretudo quando a gente imagina que nem Maceió nem Arapiraca estarão nessa estratégia dos Cisps tipo 1 e tipo 2. Nessas cidades vamos fazer um Cisp do tipo 3. Estamos terminando o projeto e vamos apresentar a Alagoas nos próximos meses. O Cisp 3, além de ter a Polícia Civil e a Polícia Militar trabalhando no mesmo local, terá um Instituto de Identificação e Corpo de Bombeiros, aumentando o efetivo. Em alguns casos, o Cisp já registrou uma redução de 50% no número de homicídios onde está instalado. Reduz assaltos nas ruas, em residências, e, principalmente, garante ao cidadão um momento novo, em que a pessoa pode sair da sua casa e visitar um parente à noite, porque nós vamos triplicar o efetivo da Polícia Militar para trazer segurança para a cidade. Somente assim a gente constrói um ambiente melhor”, explicou o governador.

 

Na avaliação de Renan Filho, os resultados obtidos pelos investimentos em segurança pública e áreas como educação, saúde e infraestrutura se devem ao equilíbrio financeiro do Estado, que vem encontrando saídas para a crise financeira que atinge o Brasil.

 

“Hoje, o Governo do Estado tem condições de fazer os investimentos que Alagoas precisa. É a solidez fiscal, os ajustes que nós fizemos nas contas públicas, que garantem os recursos. Para fazer investimentos você precisa arrecadar mais e gastar menos para ter recursos para políticas públicas. O que a gente vê hoje em Alagoas é uma enxurrada de investimentos com recursos próprios. Isso a gente nunca viu no passado”, observou.

 

“Na segurança, ainda temos radiocomunicadores digitais, novos helicópteros, Força Tarefa, Ronda no Bairro, chamamos a reserva técnica da Polícia Militar e da Polícia Civil, fizemos um concurso e faremos outro; teremos um novo Instituto Médico Legal, Laboratório Forense, o Complexo de Delegacias Especializadas em Maceió, novos batalhões de polícia. Isso tudo é resultado da solidez fiscal, como os novos hospitais, as escolas em tempo integral, investimentos em rodovias. Isso tudo reunido tem mudado o Estado. Hoje, Alagoas tem o Governo em dia, que faz investimentos para melhorar a vida das pessoas. Isso se deve aos novos investimentos, a uma postura nova, de um Governo que se propôs a fazer as mudanças que Alagoas precisava”, disse Renan Filho.