Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Sexta, 09 Fevereiro 2018 09:34
TEMPO-RESPOSTA

Em menos de um mês, policiais alagoanos prendem mais de 20 homicidas

O crime que mais agride o cidadão é também o mais combatido em Alagoas,  diz secretário

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Secretário Lima Júnior  e gestores da SSP, durante coletiva de imprensa Secretário Lima Júnior  e gestores da SSP, durante coletiva de imprensa Vanessa Siqueira
Texto de Amélia Sandes

Vinte e dois homicidas foram presos em Alagoas pelas forças da Secretaria de Segurança Pública (SSP) desde o dia 22 de janeiro deste ano. As prisões ocorreram por meio de mandados judiciais e os nomes dos presos foram apresentados em coletiva de imprensa na quinta-feira (8) pela cúpula da SSP.

 

Considerado um dos crimes mais difíceis de ser solucionado, o homicídio é o principal motivo das incontáveis investigações criteriosas, operações e prisões realizadas pelas polícias de Alagoas. 

 

Para o secretário de Segurança, Lima Júnior, o Estado precisa alcançar quem mata.

 

“A SSP investiga, encontra e prende os homicidas. Não se combate homicídios se não acabarmos com a sensação de impunidade”, destacou Lima Júnior.

 

Os homicidas presos trazem em seus históricos disputas por domínio do comércio de drogas, brigas entre facções criminosas e até vingança por relacionamentos amorosos.

 

Os nomes dos presos apresentados foram: Luiz Tavares da Silva, o Ninho de 22 anos; João Batista da Silva Barros, o João Diabólico, 21 anos; Éric Johnson dos Santos Silva, vulgo Neguinho da Vó ou Alcapone, 21 anos; Wellington Gomes dos Santos, vulgo Wellington Cabeça, 23 anos; Fernando da Silva Santos, o Gordo 33 anos; Luciano Henrique da Silva Santos, o Nego Lu 27 anos; Márcio Campelo Moreira ou Tubarão, de 37 anos; Carlos Alexandre da Silva, vulgo “Alexandre” , 31 anos; Jucelines Pompilho Ferreira da Silva, vulgo Júlio do Ferro Velho, 38 anos; José Tiago da Silva, 28 anos; João Victor Lima dos Santos, vulgo “João Perneta”,  20 anos; Moisés Delmiro de Sena, 41 anos; Fernando André Nascimento dos Santos, vulgo Dedé, 23 anos; João Victor Maia dos Santos (22 anos); Erivan do Nascimento Silva, vulgo “Soneca” (22 anos); Vitor Cahian de Lima Duarte (19 anos); Maxciel Brito da Silva, 22 anos; Naelson Tavares da Silva, vulgo Pimpolho, 21 anos; Anderson Andrei dos Santos Araújo, vulgo “Galego ou Sete”, 19 anos; Fernando Silva Coutinho, vulgo “Nandinho”, 18 anos; Ítalo Alexsandro Santos Estevão, vulgo Galeguinho” (19 anos); Luiz Eduardo dos Santos, vulgo “Nando” (29 anos).