Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quinta, 08 Fevereiro 2018 16:27
resultados

Superintendente de Auditagem da CGE apresenta dados do Observatório da Despesa Pública de Alagoas

Seminário de Avaliação do Programa de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento das Políticas Públicas aconteceu na quarta-feira (8)

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Superintendente de Auditagem da CGE e coordenadora do ODP.Alagoas, Adriana Araújo, apresenta o trabalho do Observatório da Despesa Pública Superintendente de Auditagem da CGE e coordenadora do ODP.Alagoas, Adriana Araújo, apresenta o trabalho do Observatório da Despesa Pública Foto: Ascom/CGE
Texto de Livia Leão

A Controladoria-Geral do Estado (CGE) apresentou o trabalho desenvolvido no Observatório da Despesa Pública (ODP.Alagoas) durante o II Seminário de Avaliação do Programa de Apoio à Pesquisa e Desenvolvimento, promovido pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas, na quarta-feira (7).

 

No encontro, a superintendente de Auditagem da CGE e coordenadora do ODP.Alagoas, Adriana Araújo, apresentou relatórios da atuação e os resultados do programa.

 

“Realizado em parceria com o Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) e o Governo do Estado, o Observatório é uma unidade apoiada em tecnologia da informação de ponta, para a produção de informações que visa subsidiar e acelerar a tomada de decisões estratégicas”, explicou Adriana.

 

A professora Luciana Santa, doutora em Ciências Políticas, e o professor André Santos, doutor em Administração Pública, ambos ligados à Universidade Federal de Alagoas, acompanharam as apresentações. Um relatório, levando em conta também os projetos iniciais e os dados apresentados à Fapeal, será elaborado e apresentado ao Governo do Estado. “É um projeto muito interessante, tem um lado muito técnico, que não tem um referencial teórico, já que tem uma orientação da CGU”, destacou Juliana.

 

O termo de cooperação técnica entre o Governo do Estado, a CGU e a CGE, para a implantação Observatório da Despesa Pública (ODP.Alagoas), foi assinado em fevereiro de 2016, com o objetivo de integrar a metodologia, promover um intercâmbio de experiências, informações e tecnologias.

 

“O Observatório já está presente em vários pontos do país e trabalhamos de forma integrada. O programa é um avanço para o Estado que, através da mineração de dados, utiliza tecnologias de ponta para auxiliar o trabalho de auditoria e controle interno”, explicou Adriana.