Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quinta, 08 Fevereiro 2018 12:52
PRODUTOS SAUDÁVEIS

Técnicos e agricultores debatem feiras agroecológicas e orgânicas

Encontro na Emater abordou sobre organização e estrutura e sobre Semana Orgânica

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Feiras orgânicas e agroecológicas têm sido uma opção de adquirir produtos frescos, sem agrotóxicos, de boa qualidade Feiras orgânicas e agroecológicas têm sido uma opção de adquirir produtos frescos, sem agrotóxicos, de boa qualidade Ronaldo Lima
Texto de Ronaldo Lima

As feiras de agroecológicas e de produtos orgânicos que proporcionam aos consumidores acesso a uma alimentação de qualidade foi o tema do encontro na Comissão de Produção de Orgânicos de Alagoas, realizada nesta quinta feira (8), no auditório da Emater.  Em pauta, as estruturas das feiras na capital e no interior.

Comercializadas diretamente pelos agricultores alagoanos aos consumidores, as feiras orgânicas e agroecológicas têm sido uma opção de adquirir produtos frescos, sem agrotóxicos, de boa qualidade e preço acessível. Em Maceió, são realizadas edições dessas feiras semanalmente na Ufal e Praça do Centenário, e a cada mês, pela Semarh, na espaço de lazer da praia da Pajuçara, e na sede do TRT.

No encontro da Comissão de Produção de Orgânicos, técnicos da Seagri, Emater, Ifal, CPT, Incra, Ministério da Agricultura e produtores familiares trataram da organização, logística e transporte, para uma melhor estruturação do escoamento dos produtos que são comercializados.

Durante as feiras, o consumidores têm a oportunidade de comprar produtos como macaxeira, batata, inhame, laranja, banana, abacaxi, hortaliças, maracujá, feijão, galinha e ovos caipiras, jaca, queijos, entre outros. Também são comercializados bolos, tapioca, beiju, sucos, doces, biscoitos e cocadas de diversos sabores.

Liduína Alencar, técnica da superintendência de Inclusão Produtiva da Seagri, explica que o propósito da Secretaria da Agricultura e da Emater é oferecer, além da assistência técnica, apoio aos pequenos agricultores rurais, visando ao fortalecimento da agricultura familiar.

“As feiras orgânicas e agroecológicas vêm sendo muito importante para as famílias e estimulam a economia dos pequenos agricultores de diversas regiões”, afirma Liduína.

Luiz Ko, técnico do Ministério da Agricultura em Alagoas, informa que todos os produtos que são oferecidos e vendidos nas feiras são registrados no Ministério e possuem rastreabilidade, o que garante qualidade na produção e na comercialização.

O encontro serviu ainda para discutir a temática sobre o seminário que ocorrerá, em maio, durante a Semana Orgânica, que ocorre em todo o país, com a participação de técnicos, instituições e produtores rurais.