Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quarta, 07 Fevereiro 2018 14:35
INTERCÂMBIO

Professores de Inglês da rede pública farão curso de aperfeiçoamento nos EUA

Inscrições podem ser feitas até 2 de março, na Gerência de Desenvolvimento Educacional da Seduc

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Programa internacional de aperfeiçoamento é ofertado pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos Programa internacional de aperfeiçoamento é ofertado pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos (Foto: José Demétrio)
Texto de Manuella Nobre

Professores de língua inglesa no ensino médio das redes públicas têm até 2 de março para se inscrever no Fulbrigth DAÍ (Fulbrigth Distinguished Awards in Teaching Program for International Teachers) 2018/2019, programa internacional de intercâmbio e aperfeiçoamento ofertado pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos em uma universidade americana.

 

O curso oferece aulas e treinamento intensivo em metodologias de ensino, planejamento de aula, estratégias de ensino, liderança e, também, no uso de tecnologias em educação.

 

As inscrições podem ser feitas na Secretaria de Estado da Educação (Seduc), por meio da Gerência de Desenvolvimento Educacional. Os interessados devem contatar diretamente a técnica responsável, Sandra Felisberto, na Escola Estadual José da Silva Correia Titara, no Cepa, sala 08, pelo telefone 3315-1275 ou pelos endereços eletrônicos Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Outros requisitos aos interessados são possuir bacharelado ou licenciatura em Inglês; ter fluência oral e escrita na língua e comprovação de proficiência; ter, no mínimo, cinco anos de experiência comprovada em sala da aula e mais de dois anos como professor de inglês. Além disso, é preciso estar com 50% da carga horária de trabalho atual lecionando a língua na rede pública; ser cidadão brasileiro e não ter nacionalidade americana.

 

Grande oportunidade

 

O curso representa uma grande oportunidade para adquirir conhecimento e ricas experiências, a serem compartilhadas dentro e fora da sala de aula, por gerações. É o que afirmam os dezessete professores alagoanos que, desde o mês passado, estão nos EUA pelo Fulbright 2017/2018.

 

“Quando vi o resultado só chorava, fiquei muito feliz. A proposta do curso é diferente, voltada para a formação; oportunidade única”, afirma Branca Rosa, professora da Escola Estadual Eduardo Almeida sobre sua conquista na segunda tentativa.

 

Contemplada no programa em 2013, Betânia Ferreira Alves, diretora da Escola Estadual Adeilza Maria, confirma os importantes ganhos após sua experiência. Coincidentemente, hoje é a sua filha Wittalaney Ferreira Alves, também professora de língua inglesa, que vivencia o intercâmbio.

 

“É uma experiência muito rica, indescritível, com ganhos em fluência, cultura, novas técnicas e práticas a serem compartilhadas. Os professores são altamente qualificados”, declara Betânia.