Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Sábado, 20 Janeiro 2018 14:38
EDITAIS

Governo inicia contratação de pessoal para o Polo de Tecnologia em fevereiro

Secti prevê para abril a inauguração do prédio que está sendo erguido no bairro do Jaraguá

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Polo de Tecnologia da Informação vai contribuir diretamente com a melhoria da competitividade das empresas e estimula o desenvolvimento econômico do Estado Polo de Tecnologia da Informação vai contribuir diretamente com a melhoria da competitividade das empresas e estimula o desenvolvimento econômico do Estado Ascom Secti
Texto de Geysa Miranda

A Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), lançará, a partir de fevereiro deste ano, editais para contratação de serviços essenciais para o funcionamento do Polo de Tecnologia da Informação, Comunicação e Serviços (Tics), em construção no bairro do Jaraguá.

 

Os serviços são: vigilância armada, limpeza e conservação, copa e café, prevenção de incêndio, manutenção de bomba e geradores, manutenção de ar-condicionado e serviços de administração.

 

Segundo o superintendente da Secti, Lairson Giesel, paralelo aos editais a secretaria vem trabalhando o modelo de gestão do Polo e sua inauguração está prevista para o mês de abril. “Estamos colocando a ‘mão na massa’ para que o Polo entre em funcionamento o mais rápido possível. Ele será um grande instrumento para o empreendedorismo, inovação e economia em Alagoas”, afirmou Lairson.

 

O Polo de Tics tem por missão promover o empreendedorismo e a inovação no Estado, fomentando ou incubando empresas de base tecnológica, criando empregos e gerando negócios, orientando o setor de tecnologia instalado no estado de forma a atender as demandas da sociedade.

 

É um ambiente para fortalecimento das empresas locais e atração de novos empreendimentos de base tecnológicas voltadas para o desenvolvimento de soluções em tecnologia da informação, comunicação e serviços dos setores públicos, privados, universidades e centros de pesquisa. O polo contribui diretamente com a melhoria da competitividade das empresas e estimula o desenvolvimento econômico do Estado.

 

Com investimento de mais de R$ 15 milhões do Governo do Estado, o polo está em fase final de construção. Instalado em um terreno com 5.227 m², uma edificação que contemplará 6.136,16 m² distribuídos em quatro pavimentos, ele possui espaços para pequenas, médias e grandes empresas, anfiteatro, coworking, estacionamento, restaurante, biblioteca, espaços para lanchonetes e lojas e salão multiuso.