Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Terça, 12 Dezembro 2017 19:18

Uncisal é a única universidade de Alagoas selecionada para o Projeto Rondon

Instituição vence edital do Ministério da Defesa, disputado por 400 concorrentes

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Um professor e oito alunos vão integrar a equipe que passará 16 dias na cidade de Olivença, desenvolvendo atividades de saúde, educação e cultura com a comunidade Um professor e oito alunos vão integrar a equipe que passará 16 dias na cidade de Olivença, desenvolvendo atividades de saúde, educação e cultura com a comunidade (Foto: Ascom/Uncisal)
Texto de Eduardo Almeida

Após vencer um edital disputado por mais de 400 instituições, a Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) será a única representante do Estado – e uma das três da região Nordeste – a participar da edição 2018 do ‘Projeto Rondon’. O programa é uma iniciativa do Ministério da Defesa e acontece de 13 a 29 de julho do próximo ano, coincidentemente, no interior alagoano.

 

De acordo com a professora Maria Rosa da Silva, que coordena o grupo que representará a Uncisal, esta será a sexta vez consecutiva que a universidade participa do Rondon. Além dela, um professor e oito alunos devem integrar a equipe, que passará 16 dias na cidade de Olivença, no Sertão alagoano, desenvolvendo atividades com a comunidade nas áreas de saúde, educação, direitos humanos e cultura.

 

“Sem dúvidas é uma grande conquista para a Uncisal, porque mostra que a instituição está no patamar das grandes universidades do país. Para os estudantes é mais uma forma de conhecer o Estado e de colocar em prática aquilo que eles aprendem em sala de aula. Junto do professor Ewerton Amorim, nós faremos uma seleção e proporcionaremos uma capacitação para que os alunos possam atuar”, frisa a coordenadora.

 

A edição 2018 do Projeto Rondon vai beneficiar 12 municípios alagoanos. Cada cidade receberá uma equipe formada por integrantes de duas universidades. Serão atendidas pela chamada ‘Operação Palmares’ as populações de Belém, Cacimbinhas, Chã Preta, Coité do Nóia, Jacuípe, Jequiá da Praia, Jundiá, Olivença, Quebrangulo, Roteiro, além de Joaquim Gomes e São José da Lage.

 

Projeto

 

O Rondon é desenvolvido pelo Ministério da Defesa, em parceria com governos estaduais, municipais e instituições de ensino superior. A proposta, segundo o site do projeto, é “contribuir para a formação do jovem universitário como cidadão e para o desenvolvimento sustentável nas comunidades carentes”.

 

Além da da Universidade Estadual de Ciências a Saúde de Alagoas (Uncisal), participam do Rondon integrantes da Universidade do Estado de Mato Grosso, da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, do Centro Universitário do Espírito Santo, da Universidade Federal de Itajubá/MG, do Centro Universitário do Planalto de Araxá/MG, do Centro Universitário da Cidade de União da Vitória/PR, da Universidade do Sul de Santa Catarina, da Universidade Federal de São Carlos/SP, da Universidade Tiradentes, em Sergipe, da Universidade Federal de Santa Maria/RS, da Universidade Federal do Amazonas, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, da Universidade Federal de Sergipe, da Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho - Fundação João Pinheiro, em Minas Gerais, do Instituto de Física de São Carlos, em São Paulo, do Centro Universitário Univel, no Paraná, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto/SP e da Universidade Estadual do Norte do Paraná.