Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quinta, 07 Dezembro 2017 17:13
interação

Polícia Civil define programação de eventos para 2018

Inauguração de auditório, programas investigador-mirim e escola sem drogas, Projeto BOM (BO Móvel), corrida e trekking estão no calendário

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Está previsto também o Projeto BOM (BO Móvel), Está previsto também o Projeto BOM (BO Móvel), Foto: Ascom/PCAL
Texto de Jaime Feitosa

A Polícia Civil definiu a programação de eventos para o ano de 2018. O calendário, elaborado pela Assessoria de Comunicação (Ascom), foi apresentado em reunião do Conselho Superior de Polícia Civil (Consupoc), presidida pelo delegado-geral Paulo Cerqueira, e consta de inúmeras atividades, iniciativas, homenagens e criação de programas educativos, esportivos e sociais.

 

Entre as principais novidades, estão a criação dos programas Investigador Mirim e Escola sem Drogas. O primeiro pretende atender crianças e adolescentes, especialmente de comunidades carentes, com atividades educativas, culturais e esportivas; no segundo, policiais civis irão às escolas proferir palestras e manter contato direto com os alunos, esclarecendo sobre os malefícios das drogas.

 

A programação institui o 1° campeonato interno de tiro, idealizado pelo delegado-geral, e que será coordenado pela academia da Polícia Civil, e um campeonato interno de futebol. Ainda como atividades esportivas, além da já tradicional corrida, que chegará à 4ª edição, está prevista a realização de um trekking, promovido pela instituição.

 

Outro projeto inovador será o BOM (BO Móvel), onde periodicamente a delegacia móvel da Polícia Civil será deslocada às comunidades, tanto em bairros de Maceió como nas cidades do interior, para o registro de boletins de ocorrência. “Este registro é muito importante para que nossa instituição possa investigar os ilícitos penais e também mapear as ocorrências delitivas”, ressalta Paulo Cerqueira.

 

Uma exposição externa está sendo planejada para mostrar detalhes das atividades da Polícia Civil, objetivando uma aproximação maior com a sociedade e incentivar seu auxílio quando das investigações.

 

A confecção de panfletos de orientação à população quanto aos serviços oferecidos pela instituição policial, como de cuidados preventivos ao crime, está no calendário, que inclui ainda a elaboração de vídeos institucional e de datas comemorativas.

 

O próximo ano deverá marcar também a inauguração da reforma do auditório da sede da PC, no bairro de Jacarecica. A partir disso, diversas homenagens devem ser realizadas no local, entre elas as entregas da Medalha do Mérito Policial, da Medalha Emerson Lima (dada a integrantes da instituição por ato de bravura), além do reconhecimento a aposentados, e de meritocracia, este oferecido a equipes de delegacias que tenham se destacado em suas metas de produtividade.

 

A Polícia Civil pretende também criar um canto coral que deverá fazer apresentações em solenidades internas e externas, além de instituir a padronização de solenidades fúnebres quando do falecimento de integrantes da instituição policial.

 

Dois programas de saúde – o Polícia Rosa e o Polícia Azul – deverão acontecer nos meses de outubro e novembro, respectivamente, sendo dirigidos à prevenção e combate a doenças. O Dia Internacional da Mulher igualmente será comemorado com atividades relacionadas à data.

 

Estão programadas ainda comemorações nos dias das mães, dos pais, da criança, festas juninas e confraternizações de final de ano. “A Polícia Civil constitucionalmente tem a missão de reprimir o crime, mas com essa programação, ao lado de cumprir nosso dever, queremos também um contato direto e mostrar à sociedade que somos parte dela e sua segurança é nosso maior objetivo. E, igualmente, reconhecer e prestigiar o trabalho realizado por nossos policiais”, concluiu o delegado-geral Paulo Cerqueira.