Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Terça, 10 Outubro 2017 19:00
PREVENÇÃO

Cerest promove conscientização contra o trabalho infantil em Circuito de Saúde

Com participação de 200 crianças, evento aconteceu na Associação Atlética Banco do Brasil, em Ipioca

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
As crianças e adolescentes que participaram do circuito eram da comunidade de Pescaria, em Ipioca As crianças e adolescentes que participaram do circuito eram da comunidade de Pescaria, em Ipioca Foto: Olival Santos
Texto de Fabiano Di Pace

O Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) participou do Circuito de Saúde para Crianças, Adolescentes e Pais Trabalhadores, realizado pela Associação Atlética Branco do Brasil, em Ipioca, com palestras voltadas à conscientização dos pais mostrando os males que o trabalho infantil pode causar no futuro de seus filhos. Com a presença de 200 crianças, o evento ocorreu nesta terça-feira (10). 

 

A coordenadora estadual do Cerest, Gardênia Santana, enfatizou a importância das palestras em uma comunidade formada, em sua maioria, de profissionais de que vivem da pesa. “É importante conscientizar os pais ou responsáveis sobre os males que o trabalho infantil pode provocar no futuro do indivíduo”, destacou.

 

Na avaliação de Gardênia, ainda existem mitos em relação ao trabalho infantil que devem ser esclarecidos. “Muitos pais acreditam que o trabalho é benéfico para a criança e que pode afastar o menor de idade de influências negativas e do uso de drogas. Mas a dedicação ao trabalho pode prejudicar a preparação profissional futura da criança”, reforçou a coordenadora. 

 Foto: Olival Santos

O trabalho infantil, segundo ela, só é permitido dentro dos limites da legislação vigente. “O menor de idade não pode exercer serviços insalubres e que prejudiquem seu horário escolar”, explicou Gardênia Santana. Outro critério que deve ser obedecido, de acordo com a coordenadora, é que o trabalho deve ser na condição de aprendiz.

 

As crianças e adolescentes que participaram do circuito eram da comunidade de Pescaria, em Ipioca. A grande maioria acompanhada dos pais ou responsáveis. Ainda durante o evento foi realizado uma apresentação pelos alunos de odontologia do Cesmac sobre higienização bucal. Rackely da Silva, de 8 anos, agradeceu afirmando que tinha aprendido a cuidar corretamente dos dentes. “Aprendi a forma certa de escovar os dentes e de como usar o fio dental. Com isso tenho certeza que posso evitar cáries e outros problemas”, revelou a garota. 

 

Já Anciely Rodrigues, de 9 anos, destacou que vai ensinar tudo o que aprendeu para os colegas e familiares. “Vou mostrar aos meus colegas como escovar os dentes bem direitinho, para que eles não tenham dor de dente”, disse, muito entusiasmada.