Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Terça, 10 Outubro 2017 11:10
UMA NOVA HISTÓRIA

Reeducandos promovem melhoria estrutural na Base Comunitária da PM

Alagoanos têm contado com serviços de qualidade prestados pelos egressos do sistema prisional; agentes penitenciários coordenam trabalhos

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Custodiados dos regimes semiaberto e aberto, supervisionados por agentes penitenciários, capinaram e pintaram a base comunitária do 4º Batalhão da Polícia Militar de Alagoas, no Conjunto Osman Loureiro Custodiados dos regimes semiaberto e aberto, supervisionados por agentes penitenciários, capinaram e pintaram a base comunitária do 4º Batalhão da Polícia Militar de Alagoas, no Conjunto Osman Loureiro Jorge Santos
Texto de Maysa Cavalcante

"Quando instituições solicitam o trabalho dos reeducandos, sobretudo aquelas ligadas à segurança pública, comprovamos que o projeto de reinserção social dos egressos do sistema prisional através do trabalho está dando certo", afirma a gerente de Reintegração Social da Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris), agente penitenciária Shirley Araújo.

 

 

O projeto 'Uma Nova História' quebra paradigmas, renova as perspectivas de dezenas de famílias e leva serviços de qualidade para sociedade. Esta semana, custodiados dos regimes semiaberto e aberto, supervisionados por agentes penitenciários, capinaram e pintaram a base comunitária do 4º Batalhão da Polícia Militar de Alagoas, no Conjunto Osman Loureiro, em Maceió.
 

 

Este não é o primeiro serviço de revitalização prestado pelos egressos no Batalhão, eles já atuaram na reforma da área militar. "Normalmente, após o primeiro trabalho, os custodiados são convidados pelas instituições para realizar outras atividades. Isso mostra que eles encaram essa oportunidade com seriedade e realmente querem mudar de vida", destaca Shirley Araújo. 
 

 


O tenente Martiliano, lotado no 4º Batalhão, elogiou o empenho dos reeducandos na execução das atividades. "Enviamos um ofício para Ressocialização e fomos prontamente atendidos. Estamos satisfeitos com os serviços, pois como não dispomos de muita mão de obra, o trabalho dos egressos realmente contribui com a corporação", conclui o policial militar.

 


 

 


Este mês, os trabalhadores revitalizaram a área verde do 5º Batalhão, no Benedito Bentes, e nos próximos dias farão o serviço na Academia da PM, situada no Trapiche, também em Maceió. Além da pintura e capinagem, os custodiados que fazem parte do projeto 'Uma Nova História' executam serviços gerais, reparos elétricos e hidráulicos e revestem obras de construção.