Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Segunda, 09 Outubro 2017 17:54
no Centro

Procon-AL e Inmeq apreendem mais de mil brinquedos em fiscalização

Operação recolheu centenas brinquedos irregulares de estabelecimentos comerciais

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Equipes apreederam 1.054 itens, entre bonecos falsificados, produtos sem o selo do Inmetro ou com o selo falsificado ou sem o aviso obrigatório de fecho metálico Equipes apreederam 1.054 itens, entre bonecos falsificados, produtos sem o selo do Inmetro ou com o selo falsificado ou sem o aviso obrigatório de fecho metálico (Fotos: Ascom/Procon)
Texto de Amanda Oliveira

A Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/AL), em parceria com o Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial de Alagoas (Inmeq-AL), realizou, nesta segunda-feira (9), uma ação surpresa de fiscalização de produtos comercializados neste período comemorativo ao Dia das Crianças. A operação ocorreu no Centro de Maceió e resultou na apreensão de mais de mil brinquedos irregulares.

 

(Fotos: Ascom/Procon)

 

A fiscalização do Procon/AL faz parte da ‘Operação Dia das Crianças’, com caráter preventivo e em defesa dos pequenos consumidores. O Inmeq se tornou um aliado na verificação de irregularidades nos brinquedos comercializados.

 

Além da prevenção, a operação chama a atenção dos pais para não adquirirem brinquedos aparentemente inofensivos, mas que podem trazer riscos à saúde da criança.

 

(Fotos: Ascom/Procon)

 

“O selo do Inmetro é a garantia que o brinquedo foi testado e que é de boa procedência. Pedimos o apoio do Instituto para dar mais celeridade e força nesta ação. O material recolhido ficará retido na sede do Instituto e os estabelecimentos foram autuados por infração. Também ficamos atentos à falsificação de selo, algo comum em certos locais”, explicou o superintendente do Procon/AL, João Neto.

 

No total, 1.054 itens foram apreendidos pelas equipes, que foram divididas em duas e percorreram oito estabelecimentos de venda de brinquedos e produtos importados. Entre os itens apreendidos estão bonecas e bonecos falsificados, produtos sem o selo do Inmetro ou com o selo falsificado, além de produtos sem o aviso de fecho metálico, que é obrigatório.

 

(Fotos: Ascom/Procon)

 

O selo do Inmetro em brinquedos é uma exigência legal e atesta que o produto passou por testes de qualidade e segurança, não oferecendo, portanto, risco às crianças. Os consumidores que encontrarem alguma Irregularidade devem entrar em contato com o órgão ou com o instituto para formalizar uma denúncia.