Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Terça, 12 Setembro 2017 12:04
BICENTENÁRIO

Marca alagoana se inspira em elementos de Alagoas para criar coleção de joias baseada nos 200 anos

A história por trás das peças lançadas pelas designers Jeanine, Mailda e Renata Fontan

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Tema da coleção “Alagoas 200 anos”, da Caleidoscópio, foi definido há um ano e meio, e se subdivide em quatro famílias Tema da coleção “Alagoas 200 anos”, da Caleidoscópio, foi definido há um ano e meio, e se subdivide em quatro famílias André Palmeira
Texto de Renata Arruda

Os 200 anos de Alagoas serviram de inspiração para a nova coleção da Caleidoscópio, um atelier de joias e acessórios de moda, totalmente artesanal. Por meio da criatividade de três arquitetas Jeanine, Mailda e Renata Fontan, peças com um mix singular de materiais e texturas, são criadas resultando em um trabalho original e bem alagoano.

 


“Nossas inspirações sempre giram em torno da nossa cultura, nosso país, arte e arquitetura. É esse universo que nos encanta e enche nossos olhos. Então não poderíamos deixar passar em branco uma data tão especial para nossa terra, foi um casamento perfeito com o nosso imaginário criativo”, afirmou Jeanine Fontan.

 


De acordo com a design, o processo de criação se iniciou com um mapeamento das riquezas do Estado. “Nossa terra é riquíssima em cultura e belezas naturais. Resolvemos fazer um mapeamento de alguns pilares que ilustrariam de maneira diversificada esse universo. Então escolhemos a flora, com suas cores e abundância; as lagoas, que são um dos grandes diferenciais da nossa terra; nosso mar e nossas praias, que possuem uma incrível variedade tanto em relevo quanto em tons e, por último, a arte das nossas rendeiras, um verdadeiro patrimônio alagoano”, disse.

 

 


O tema da coleção “Alagoas 200 anos”, da Caleidoscópio, foi definido há um ano e meio, e se subdivide em quatro famílias. “Depois do tema definido, o dividimos em famílias e partimos para os desenhos e escolha de cores e materiais. A flora é ilustrada na "Natureza generosa", que traz nossas flores e vegetação. A família "Todas as águas" fala das lagoas e manguezais. "O resto é mar" mostra a beleza sem igual de nossas praias e a família "Arte da terra" enaltece nossas rendas, como o filé, o bilro, a boa noite e muitas outras”, conta.

 


Ainda segundo Jeanine, os materiais para compor as peças são escolhidos cuidadosamente. “Na coleção 200 anos usamos cristais Swarovski, pérolas cultivadas e muitas pedras brasileiras e gemas naturais, tais como: Ágata vermelha e laranja, coral, madre perola, Jade laranja, dolomita, ônix, amazonita, turquesa, hematita em vários tons, crisocola, labradorita, bronzita, olho de tigre, granada, entre outras”.

 

 

Histórico da Caleidoscópio


A Caleidoscópio foi fundada em 1998 por três arquitetas, Jeanine, Mailda e Renata Fontan, que criam as peças artesanais com um mix inusitado de materiais e texturas resultando num trabalho bem brasileiro. A marca alagoana divulga a cultura brasileira, fonte principal de inspiração de suas coleções há 19 anos.
As peças são comercializadas em mais de 300 endereços no território nacional, além de serem exportadas para 17 países.