Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Terça, 12 Setembro 2017 08:47
ALTERNATIVAS

Medidas para a redução da violência é tema de seminário em Maceió

Evento debateu os avanços das políticas de prevenção à violência em Alagoas

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Seminário reuniu especialistas, técnicos, oficiais da Segurança Pública, acadêmicos e representantes da sociedade civil Seminário reuniu especialistas, técnicos, oficiais da Segurança Pública, acadêmicos e representantes da sociedade civil Vitor Beltrão
Texto de Daniel Dabasi

A escalada da violência se tornou numa das maiores preocupações da sociedade moderna. O fenômeno está cada vez mais presente do dia a dia das pequenas e grandes cidades e tem gerado discussões acerca de seu combate. Mas, afinal, quais as formas eficazes de se reduzir a violência? Foi em busca dessa resposta que a Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev) realizou, nesta segunda-feira (11), o I Seminário de Prevenção: Contribuições para a Redução da Violência em Alagoas.

 

O evento reuniu, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, especialistas, técnicos, oficiais da Segurança Pública, acadêmicos e representantes da sociedade civil, que se debruçaram sobre o tema para debater alternativas no intuito de avançar as políticas públicas preventivas no Estado.

 

Segundo a titular da Seprev, Esvalda Bittencourt, o seminário serviu também para a secretaria prestar contas com a população sobre o trabalho que vem realizando ao longo dos anos. “Para fortalecer as políticas públicas, é importante ouvir a população. Trabalhamos para atender os anseios da sociedade. Para isso, é preciso entender, debater e estudar a complexidade que envolve a temática da violência para construir meios eficazes de combate”, destacou a secretária.

 

Os temas das palestras giraram em torno de ideias e perspectivas que contribuíram para a redução da violência em Alagoas de forma preventiva, como o novo olhar sobre as medidas socioeducativas e o tratamento das políticas voltadas para crianças e adolescentes, além das estratégias das políticas sobre drogas.

 

O evento trouxe para Maceió o doutor em sociologia e especialista em segurança, o mineiro Luiz Flávio Sapori, que também é coordenador do Centro de Estudos e Pesquisa em Segurança Pública da PUC Minas e autor de livros sobre o tema. Para o especialista, dois fatores contribuem para o agravamento da violência no Brasil: a consolidação do tráfico de drogas e a impunidade.

 

“Diante desse contexto, Alagoas está de parabéns por ser o primeiro estado brasileiro a criar uma secretaria estadual de prevenção à violência. É preciso pensar medidas a curto, médio e longo prazo. Prevenção é atuar sobre os fatores sociais que favorecem e motivam os indivíduos para o crime”, explicou o palestrante.

Esteve presente também o deputado federal Givaldo Carimbão, que contribuiu com sua bagagem política e militância na causa da prevenção à violência. “Sou um entusiasta deste tema e me sinto honrado em ver os frutos que esta secretaria vem gerando, após muitos anos de luta. Prevenção deve ser prioridade em todos os governos”, enfatizou o parlamentar.

 

O seminário contou ainda com a palestra do gerente de Estratégias de Prevenção à Violência, Thomas Arthur, que mostrou o progresso das políticas sobre drogas do Governo de Alagoas, com o programa Rede Acolhe. Teve ainda a palestra do assessor de comunicação da Seprev, Victor Brasil, que tratou sobre os avanços das medidas socioeducativas no estado e das políticas voltadas para crianças e adolescentes.