Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Sexta, 25 Agosto 2017 10:05
DIVERSIDADE

Patrimônio cultural é tema de seminário da área turística em Alagoas

Evento apoiado pela Algás reúne funcionários da cadeia alagoana de Turismo e fortalece o segmento

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Nesta edição, os temas abordados pelo seminário são os pontos turísticos; o folclore e o artesanato de Alagoas Nesta edição, os temas abordados pelo seminário são os pontos turísticos; o folclore e o artesanato de Alagoas Ascom Algás
Texto de Isabela Souza e Marianna Bernardes

Com o apoio da Algás, distribuidora alagoana de gás natural, o Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Alagoas (SHRBS-AL) promove nos dias 22 e 29 de agosto o 8º Seminário Cultural de Alagoas, com atividades em Maceió e no município de Piranhas.

 

A intenção é difundir a diversidade do cenário cultural alagoano e situá-lo como indutor de atividade turística no Estado. A programação de palestras e visita técnica está voltada para funcionários dos estabelecimentos associados ao sindicato e de setores ligados à cadeira produtiva do turismo em geral.

 

Nesta edição, os temas abordados pelo seminário são os pontos turísticos; o folclore e o artesanato de Alagoas; os patrimônios históricos e seus ilustres; e a gastronomia local e seus chefs. “A atividade turística tornou-se um verdadeiro gerador de emprego e oportunidades. Integrar isso à nossa identidade cultural é fundamental para manter vivos os nossos costumes,” afirma a organização do evento.

 

Para o diretor presidente da Algás, Arnóbio Cavalcanti, apoiar a criação de ferramentas sustentáveis para incrementar a cadeia turística, fortalecendo o segmento de bares, restaurantes e hotéis, é estratégico para Alagoas.

 

“Nós somos antigos parceiros desse segmento, para o qual fornecemos gás natural na cocção, aquecimento de água, geração de energia e diversos outros usos. Em todas as nossas ações, procuramos viabilizar o desenvolvimento sustentável de Alagoas, e o setor turístico alagoano tem um papel muito relevante para a economia do nosso estado”, avalia.