Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Sexta, 11 Agosto 2017 17:58
CONHECIMENTO

Programa de Educação Fiscal oferece atividades lúdicas para crianças de Santo Amaro

Cerca de 250 crianças da Escola Estadual Santa Tereza D’ávila terão noções sobre tributos, nota fiscal, impostos e cidadania

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Atividades promovidas pela Sefaz/AL integram o cronograma da Semana de Educação Fiscal da Escola Estadual Santa Tereza D’ávila Atividades promovidas pela Sefaz/AL integram o cronograma da Semana de Educação Fiscal da Escola Estadual Santa Tereza D’ávila Foto: Ascom/Sefaz
Texto de Débora Viera

Fazer com que crianças compreendam sobre impostos, tributos, cidadania e as diferentes maneiras de contribuir com o desenvolvimento do Estado. É com esse desafio que o Programa Educação Fiscal da Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz/AL) abordou o tema de forma lúdica, nesta sexta-feira (11), para cerca de 250 crianças no bairro de Santo Amaro.

 

As atividades promovidas pela Sefaz/AL integram o cronograma da Semana de Educação Fiscal da Escola Estadual Santa Tereza D’ávila. Na oportunidade, os estudantes de sete a doze anos aprenderam sobre a importância do recolhimento dos impostos pelo Estado e suas possíveis aplicações na sociedade.

 

Realizado com todas as turmas, o trabalho teve início pela manhã com alunos do 3º ao 5º ano. No período vespertino foi a vez dos mais novos, do 1º ao 3° ano. Numa linguagem adequada para as respectivas idades, as crianças puderam aprender de forma lúdica.

 

Segundo a coordenadora pedagógica da Escola, Bernadete Paiva, a Semana de Educação Fiscal na instituição foi uma oportunidade para que os alunos entendessem como os impostos pagos pelo cidadão são empregados no cotidiano da vida deles.

 

“Percebemos resultados significativos na última visita do Programa Educação Fiscal à nossa escola e queremos que outras crianças também adquiram esse conhecimento e possam se tornar cidadãos conscientes”, elogia.

 

De acordo com a gerente do Programa de Educação Fiscal da Sefaz/AL, Glacia Tavares, falar sobre tributos e impostos para crianças é uma missão difícil. Por isso, é preciso encontrar um jeito dinâmico para difundir o conteúdo entre os pequenos.

 

“Para que eles compreendam, a gente utiliza de mecanismos mais lúdicos e de exemplos com a finalidade de apresentar a importância da nota fiscal, arrecadação de tributos, entre outros temas”, destaca.

 

A estratégia adotada para que as crianças assimilem todo esse conteúdo é usar de jogos e brincadeiras, a exemplo da ‘Trilha de Educação Fiscal’, que funciona como um ludo e premia com brindes quem acertar mais questões e completar o percurso.

 

“Em um primeiro momento, os alunos receberam os conteúdos teóricos e, depois, foram realizadas as dinâmicas e jogos lúdicos. Essa nossa forma de trabalhar a educação fiscal buscar aumentar o interesse dos alunos e, também, é uma forma divertida de falar de um assunto que nem todo mundo gosta”, explica o coordenador pedagógico do Programa da Sefaz/AL, Yuri Miranda.

 

A estudante de 10 anos, Evelin Ramos, relatou que aprendeu bastante sobre tributos, nota fiscal, impostos e cidadania. “Eu nunca tinha visto na minha vida essas coisas. É nosso último ano na escola e estamos aprendendo várias coisas antes de sair. Uma delas foi a importância de pedir a nota fiscal e ter o retorno”, contou.

 

Jamerson Oliveira, 11 anos, compartilha do mesmo sentimento da colega. Após a explanação, mencionou o desejo por mais eventos como este. Ele quer aproveitar ao máximo seu 5° ano, mas já garante que os ensinamentos sobre educação fiscal ampliaram sua sabedoria no tema.