Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quinta, 10 Agosto 2017 10:35
TILÁPIA

Seagri contempla produtores de Major Isidoro com entrega de 30 mil alevinos

Comunidade comemora a doação no momento em que barragens e açudes estão cheios com a água da chuva que caiu na região

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Mais de 30 mil alevinos foram depositados na barragem de São Marcos, em Major Izidoro Mais de 30 mil alevinos foram depositados na barragem de São Marcos, em Major Izidoro Ascom Seagri
Texto de Ronaldo Lima

Em mais uma ação da secretaria da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura  (Seagri), o Governo de Alagoas contemplou pequenos produtores rurais do município de Major Izidoro, na Bacia Leiteira alagoana, com a doação de 30 mil alevinos da espécie tilápia, na quarta-feira (9).

 

O povoamento da barragem de São Marcos foi realizado por técnicos da Superintendência de Aquicultura da Seagri e técnicos da prefeitura de Major Izidoro, em evento prestigiado por lideranças políticas locais e representantes de associações e cooperativas do município.

 

Como explicou o secretário da Agricultura, Álvaro Vasconcelos, o povoamento dos açudes com alevinos de tilápia tem um grande significado para as comunidades e representa uma renda extra para as famílias de pequenos agricultores.

 

"Somente este ano, o Governo de Alagoas já fez a doação de mais de um milhão de alevinos para as famílias de pequenos produtores rurais em todas regiões do Estado", lembrou Álvaro Vasconcelos.

 

Para Cícero da Silva, morador do povoado São Marcos, a população, que já comemorava a chegada das chuvas que encheram as barragens e açudes, agora recebe um novo estímulo com a distribuição dos alevinos.

 

A ação, que conta com a parceria da Companhia dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), serve de incentivo à aquicultura em barragens e açudes públicos comunitários, refletindo no aumento da produção pesqueira do Estado.

 

Além das barragens e açudes públicos, a Seagri mantém 17 módulos de tanques-rede distribuídos por todas as regiões do Estado, atendendo a 20 famílias de pequenos produtores rurais com cada um deles.

 

Após sua estruturação, esses tanques-rede passaram a ser geridos por associações comunitárias cuja direção foi capacitada para administrar seu funcionamento e para manejar o pescado. Periodicamente, esses módulos são abastecidos com alevinos pela Superintendência de Aquicultura da Seagri.