Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Sexta, 21 Julho 2017 09:19
BOA NOTÍCIA!

Turistas argentinos têm mais um voo para Maceió

Após reunião com Sedetur, Azul Linhas Aéreas Brasileiras anunciou que voo Ezeiza/ Belo Horizonte fará conexão em Maceió

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Sedetur trabalhou a estratégia de atração de novos voos do mercado internacional para aumentar o número de turistas estrangeiros no Estado Sedetur trabalhou a estratégia de atração de novos voos do mercado internacional para aumentar o número de turistas estrangeiros no Estado Kaio Fragoso
Texto de Morena Melo

A próxima temporada contará com um reforço de desembarques de estrangeiros em Maceió. A Azul Linhas Aéreas Brasileiras anunciou nesta sexta-feira (21) que o voo proveniente de Ezeiza, Argentina, com destino ao aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, fará conexão em Maceió.

 

A conquista é resultado de uma reunião realizada na última World Travel Market Latin America, uma feira especializada no mercado do Turismo, onde representantes da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) se reuniram com membros da Azul Linhas Aéreas Brasileiras.

 

“Mais um resultado do nosso trabalho de prospecção que vai impactar diretamente no número de turistas que visitarão Alagoas. Nosso objetivo é conquistar mais uma temporada de sucesso, com hotéis lotados e a economia aquecida com o turismo”, disse o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Helder Lima.

 

Em 2016, quando a Sedetur trabalhou a estratégia de atração de novos voos do mercado internacional para aumentar o número de turistas estrangeiros no estado, Maceió recebeu 34% a mais de desembarques de outros países.

 

Em termos técnicos, a prospecção de novos voos é realizada com negociações que envolvem a apresentação dos indicadores do turismo de Alagoas, a exemplo das taxas de ocupação hoteleira. Além de políticas públicas voltadas para o posicionamento competitivo do Estado no mercado da aviação, como a redução do ICMS cobrado sobre o querosene de aviação.

 

“O combustível representa cerca de 35% do custo de um voo, isso significa que a distribuição de voos pelo país está relacionada ao valor dos custos para o abastecimento das aeronaves. Aqui em Alagoas nós  reduzimos de 17% para 12% a alíquota do ICMS cobrado sobre o querosene de aviação e, a partir disso, conseguimos atrair novos voos para o Estado. Como aproximadamente 80% dos nossos turistas chegam de avião, o aumento de voos tem um impacto enorme do aumento de turistas”, explica o secretário.

 

Informações do Anuário Estatístico do Mtur revelam que o continente Sul-Americano foi responsável por 56,7% dos turistas estrangeiros que visitaram o Brasil em 2016, enviando 3,7 milhões de visitantes ao Brasil. A Argentina liderou a lista, mandando mais de 2,3 milhões entre janeiro e dezembro.