AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Segunda, 17 Julho 2017 15:38
ALINHAMENTO

Emater discute ajustes finais da Central do PAA de Mar Vermelho

Central do PAA é o ponto principal de armazenamento, organização e distribuição dos alimentos comprados diretamente do agricultor familiar

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Presidente da Emater e prefeita de Mar Vermelho também trataram da promoção conjunta de cursos para uso qualificado de plantas medicinais Presidente da Emater e prefeita de Mar Vermelho também trataram da promoção conjunta de cursos para uso qualificado de plantas medicinais (Foto: Ascom/Emater)
Texto de Sâmia Laços

O diretor-presidente do Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Alagoas (Emater/AL), Carlos Dias, se reuniu com a prefeita de Mar Vermelho, Juliana Almeida, nesta segunda-feira (17), para discutir a etapa final de estruturação da Central de Distribuição do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o desenvolvimento de capacitações para uso de plantas medicinais.

 

Como ressaltou a prefeita durante a reunião, o local onde será instalada a Central do PAA passa por ajustes para receber os equipamentos necessários à etapa de comercialização das produções oriundas da agricultura familiar.

 

“Já estamos fazendo as adaptações do local para receber os equipamentos, e o caminhão destinado ao recebimento e distribuição das produções familiares, que faz parte do kit do PAA, será entregue em breve”, ressaltou Juliana Almeida, acrescentando que a Prefeitura já está dialogando com a Emater para, em mais uma parceria, obter um trator agrícola para uso exclusivo na agricultura familiar.

 

Carlos Dias ressalta que a Central do PAA é o ponto principal de armazenamento, organização e distribuição dos alimentos comprados diretamente do agricultor familiar e que são destinados a instituições sociais cadastradas, oferecendo maior estrutura, por reunir uma série de equipamentos úteis para o escoamento das produções.

 

“A Prefeitura cede o local para instalação da Central e a Emater disponibiliza um kit que envolve, além de um minicaminhão, itens de escritório, balança, automóvel, freezer e caixa para armazenar os alimentos. Uma parceria importante que só ajuda a fortalecer a agricultura familiar e facilita a geração de renda”, frisou o presidente da Emater.

 

Fitoterápicos

 

A parceria entre Emater e município dará início a um ciclo de capacitação voltado ao uso de plantas medicinais para produção de fitoterápicos, iniciativa que deve englobar, na fase inicial, agentes de saúde e endemias de Mar Vermelho.

 

A capacitação será ministrada em agosto, pela coordenadora de projetos da Emater, Maria da Guia Fonseca, com o intuito de fazer com que os medicinais sejam aproveitados nos tratamento rotineiros, diminuindo o uso de medicamentos industrializados e valorizando as produções da terra.

 

“Nós já estamos com a horta medicinal em desenvolvimento há cerca de oito meses. Agora iremos aproveitar a colheita para dar início às capacitações com o apoio da Emater”, justificou a prefeita Juliana Campos.