AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Segunda, 17 Julho 2017 15:21
Segurança

Arsal fiscaliza qualidade da água distribuída à população de Arapiraca

Após chuvas, medidas adotadas pela Casal garantem a oferta de água dentro dos padrões

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Para garantir a qualidade da água, Casal aumentou a quantidade de cloro e dobrou a limpeza dos filtros da Estação de Tratamento de Água Para garantir a qualidade da água, Casal aumentou a quantidade de cloro e dobrou a limpeza dos filtros da Estação de Tratamento de Água (Fotos: Ascom Arsal)
Texto de Vanessa Alencar

Técnicos da Gerência de Saneamento da Agência Reguladora de Serviços Públicos de Alagoas (Arsal) realizaram uma fiscalização de rotina no Laboratório de Análise de Água da Companhia de Saneamento (Casal), localizado em Arapiraca.

 

 

Durante os dias 13 e 14 deste mês, a equipe verificou se a qualidade da água distribuída na cidade e em outros municípios do Agreste foi afetada em razão das chuvas que caíram no Estado nos últimos dias.

 

Conforme informações prestadas pelos técnicos que atuam no laboratório, foram observadas pequenas alterações na qualidade da água e, para revertê-las, a Casal aplicou um percentual maior de cloro e dobrou a limpeza dos filtros da Estação de Tratamento de Água, que passou a ser feita duas vezes por dia.

 

A fiscalização da Agência Reguladora foi informada ainda que, devido a esse reforço na limpeza dos filtros, houve interrupções no abastecimento em alguns bairros da cidade, mas a situação já está sendo regularizada.

 

Os técnicos da Arsal também coletaram amostras de água de uma residência escolhida aleatoriamente na cidade e, após análise, constataram que elas estavam dentro dos padrões descritos pela própria Casal e estabelecidos pela Agência Reguladora.

 

 

Municípios regulados

 

Em Alagoas, o saneamento básico é regulado em 35 municípios: Arapiraca, Craíbas, Lagoa da Canoa, Olho D’Água Grande, Igaci, São Brás, Feira Grande, Girau do Ponciano, Coité do Noia, Campo Grande, Ouro Branco, Santana do Ipanema, Poço das Trincheiras, Senador Rui Palmeira, São José da Tapera, Cacimbinhas, Monteirópolis, Olivença, Maravilha, Carneiros, Estrela de Alagoas, Jacaré dos Homens, Batalha, Piranhas, Pariconha, Olho D’Água do Casado, Inhapi, Delmiro Gouveia, Campestre, Messias, Santa Luzia do Norte, Barra de São Miguel, Palmeira dos Índios e Japaratinga.

 

Para o registro de demandas, os usuários do Sistema de Saneamento Básico destes municípios devem procurar, primeiramente a Casal, e acionar a Arsal caso não tenham a demanda atendida a contento, por meio do telefone de discagem gratuita 0800 284-0429 (de segunda a sexta, das 8h às 14h), presencialmente (nas sedes da Agência Reguladora, em Maceió ou em Arapiraca) ou pelo site www.arsal.al.gov.br.