AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Segunda, 10 Julho 2017 16:28
DESTINO ALAGOAS

Ministro Max Beltrão apresenta programa Brasil Mais Turismo em Maceió

Governo do Estado destaca as últimas conquistas no segmento turístico

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Este mês, Maceió deve receber cerca de 17 mil passageiros a mais, em 164 voos extras Este mês, Maceió deve receber cerca de 17 mil passageiros a mais, em 164 voos extras (Fotos: Kaio Fragoso)
Texto de Andressa Alves

O trade turístico de Alagoas teve a oportunidade de conhecer, nesta segunda-feira (10), um pouco mais sobre o programa federal Brasil Mais Turismo, apresentado pelo ministro Marx Beltrão, que prevê um conjunto de medidas voltadas ao aumento do número de turistas nacionais e estrangeiros no país. O encontro aconteceu no Hotel Best Western Premier, na Pajuçara.

 

 

O programa reúne sugestões de integrantes da cadeia produtiva do turismo nacional e de entidades internacionais, tendo como principal foco a abertura do capital das empresas aéreas brasileiras ao investimento internacional, com o objetivo de aumentar a competitividade e, consequentemente, reduzir preços e oferecer mais rotas e destinos.

 

“A ideia do Programa Brasil Mais Turismo é mudar o cenário do setor e saltar de 6,5 milhões de turistas estrangeiros no país por ano (dados de 2016) para 12 milhões em 2022. A estimativa é de que a receita com os visitantes passe dos US$ 6 bilhões anuais para US$ 19 bilhões, com a redução da burocracia existente hoje no setor”, explicou o ministro Marx Beltrão.

 

Representando o Governo do Estado, o secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Helder Lima, destacou as últimas conquistas de Alagoas no segmento, ressaltando a importância da representatividade do Estado no Planalto.

 

 

“Apesar da retração econômica, Alagoas tem vivido um bom momento no cenário turístico nacional. No número de passageiros que desembarcaram no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, por exemplo, conseguimos ter um crescimento de quase 2%. Enquanto todo o Nordeste registrou retração, Alagoas e Pernambuco conseguiram índices positivos. Isso é fruto da união de forças entre o trade, o Governo do Estado e o Governo Federal, por meio dos representantes de Alagoas em Brasília, que estreitam os laços e garante mais recursos para o desenvolvimento de projetos no Estado”, afirmou o secretário Helder Lima.

 

 

Atualmente, Alagoas possui dois ministros em pastas estratégicas: Marx Beltrão, no Ministério do Turismo (Mtur) e Maurício Quintella, no Ministério de Transportes, Portos e Aviação Civil.

 

Conquistas

 

As últimas conquistas de Alagoas no segmento são evidenciadas em números. No mês de julho, Maceió deve receber, além dos desembarques habituais dos voos de carreira, cerca de 17 mil passageiros a mais, vindos em 164 voos extras, que vão desembarcar durante todo mês. O número representa um aumento de 30% com relação ao número de voos extras que pousaram no Aeroporto Zumbi dos Palmares em julho de 2016.

 

O destino também ocupa o primeiro lugar em vendas no faturamento nacional da agência de viagens CVC, a maior operadora de turismo da América Latina. Até o ano de 2015 o Estado ocupava apenas a sexta posição.

 

Segundo a Infraero, Alagoas é o estado nordestino que mais elevou o número de passageiros em voos fretados não regulares no ano passado, crescendo mais de sete pontos percentuais em relação a 2015.

 

A captação de novos voos é proveniente da redução do ICMS cobrado sobre o combustível de aviação em Alagoas. A medida do Governo do Estado reduziu de 17% para 12% a alíquota do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) do querosene utilizado nas aeronaves.

 

Na divulgação do destino, Alagoas conta, ainda, com o diálogo e parcerias com as companhias aéreas. De abril de 2016 até junho de 2017, o destino foi destaque em mais 114 páginas em revistas de bordo e veículos especializados.

 

Como parte do eixo estratégico de trabalho voltado para o segmento, as melhorias em infraestrutura buscam avanços na recepção dos visitantes que chegam ao Estado. Nesse sentido, obras estruturantes encontram-se em andamento, como é o caso da região da Alça da Flamenguinha, na rodovia AL-105, que vai reduzir o percurso entre o Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares e o Litoral Norte.

 

Para o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-AL), Thiago Falcão, as recentes conquistas e o encontro entre o trade, Governo do Estado e os ministros representam o alinhamento no diálogo e na realização de ações do setor.

 

“Esse momento é muito importante para a gente levar todas as nossas considerações sobre o que realmente precisamos, destacando o que já foi feito e entendendo o que precisamos fazer para continuar desenvolvendo o turismo. Hoje tivemos a oportunidade de abordar várias questões relevantes para o trade, como qualificação e questões estruturais, que são áreas importantíssimas para receber e fidelizar os turistas em Alagoas”, concluiu Thiago.

 

Na próxima sexta-feira (14) o governador Renan Filho assinará a ordem de serviço para início das obras de saneamento no município de Maragogi, importante destino turístico do Litoral Norte do Estado.