Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quinta, 10 Março 2016 19:29
Segurança

Alfredo Gaspar fala sobre sua saída da Segurança Pública

Secretário exalta trabalho de equipe e elogia equipe da pasta que comandou por 14 meses

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Alfredo Gaspar participou da Mesa de Situação, ao lado do governador Renan Filho. Alfredo Gaspar participou da Mesa de Situação, ao lado do governador Renan Filho. Foto: Márcio Ferreira
Texto de Cadu Epifânio

O secretário de Estado da Segurança Pública, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, quebrou o silêncio e falou sobre sua saída da pasta que comandou por 14 meses. Em virtude de decisão do Supremo Tribunal Federal, o titular da SSP/AL, enquanto promotor de Justiça, deve deixar a secretaria.

 

Emocionado, Alfredo Gaspar confirmou que foi pego de surpresa com a decisão do Supremo e humildemente atribuiu ao governador Renan Filho o protagonismo nas decisões e ações desempenhadas pelas forças de segurança durante sua passagem na SSP/AL.

 

Sobre o sucesso no desempenho da pasta, ele desconversa e fala em unidade.

 

“Não foi o secretário, foi uma equipe unida sob a liderança do governador. O tempo em que Alagoas está vivendo neste instante, não retroagirá, os avanços não vão voltar atrás. [...] Meu coração está tomado de saudade pelos amigos que fiz, desde o governador até o integrante mais simples da Segurança Pública. Nunca fui o que trouxe a solução, eu fui apenas o catalisador das forças de segurança”, disse Gaspar de Mendonça.

 

O secretário não esqueceu dos homens e mulheres que com ele trabalhou e a eles ele louvou agradecimentos. “O que fica no meu peito é que lutamos muito e todos juntos. Sem a figura do herói e indispensável, trabalhamos com tudo, em uma coletividade. Deixando a Segurança Pública, tenho a convicção que temos muitos heróis anônimos e estes heróis estão no dia a dia da Segurança Pública. A sociedade precisa conhece-los. Assim, venceremos”, frisou.

 

A respeito de futuro, Alfredo Gaspar garantiu que deixa de ser secretário, mas como cidadão alagoano, como promotor de Justiça, vai orar todos os dias por aqueles que esteve ombro a ombro, no cotidiano da luta por uma nova Alagoas.

 

“Vou orar todos os dias para que eles possam transmitir cada vez mais segurança e possam voltar todos esses dias para suas casas. As vitórias que tive nestes 14 meses de governo, eu tive por causa destes homens e mulheres que tiveram a coragem de mudar essa história. É um misto de saudade e orgulho”, concluiu o secretário.