Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quinta, 10 Março 2016 16:47
FÓRUM LOCAL

Governo escuta população para definir programas de prevenção à violência

Seprev realizou, nesta quarta-feira (9), primeiro fórum local para levantar necessidades das comunidades do Benedito Bentes

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Comunidade aponta as principais necessidades do bairro Benedito Bentes Comunidade aponta as principais necessidades do bairro Benedito Bentes Ascom/Seprev
Texto de Victor Brasil

Formado por 30 conjuntos habitacionais, 19 grotas e 200 mil habitantes, o complexo do Benedito Bentes é um dos territórios de Maceió mais vulneráveis à criminalidade. Visando modificar esse quadro, a Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev) realizou, nesta quarta-feira (9), o primeiro Fórum Local para discutir com a comunidade estratégias de redução da violência.

 

No encontro, que reuniu cerca de 100 líderes comunitários e representantes da população, foi apresentado o modelo de atuação que está sendo construído pelo Governo de Alagoas, por intermédio da Seprev, e que irá identificar as necessidades de cada território.

 

“Quando se fala em prevenção à violência, a gente fala em ouvir a comunidade. Precisamos identificar os reais problemas que incitam a criminalidade nessas localidades, para que as tomadas de decisões sejam realizadas com eficácia. Isso vai passar pelo eixo da segurança, mas também por ações de educação, saúde, mobilidade urbana, entre outras questões, que vão auxiliar na redução dessa violência”, enfatizou o titular da Seprev, Jardel Aderico.

 

Durante mais de três horas, os líderes comunitários levantaram questões que precisam de mais atenção do poder público e que necessitam ser priorizadas. Transporte público, iluminação e educação foram os principais temas apontados.

 

Para o conselheiro tutelar e morador do Benedito Bentes II, Udo Gustavo, a ideia do fórum foi muito positiva, pois deu voz à comunidade, que vive de perto os problemas do bairro.

 

“Precisamos aumentar o acesso à educação das nossas crianças, dando-lhes a oportunidade de um futuro melhor. Além disso, não temos praças, campos, atividades sociais que possam envolver o jovem, ocupando a mente e retirando ele da zona de vulnerabilidade social”, disse.

 

De acordo com o superintendente de Prevenção à Violência da Seprev, Alexandre Costa, o próximo passo será dado com a formação de um comitê local de prevenção, composto por representantes da comunidade.

 

“Este comitê irá nos auxiliar na construção de um plano de prevenção, que será apresentado no Comitê Estadual, presidido pelo governador Renan Filho. As respostas para a comunidade será estabelecida em uma agenda, onde estarão definidas todas as prioridades”, explicou.

 

Além do Benedito Bentes, outras três localidades irão receber o Fórum Local de Prevenção à Violência: Cidade Universitária (11/03), Vergel (14/03) e Jacintinho (15/03).