AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quinta, 18 Maio 2017 14:32
SEGURANÇA ALIMENTAR

Obras do Matadouro Regional de Viçosa estão avançadas

Frigorífico vai atender nove municípios do Vale do Paraíba e terá capacidade para abater 150 animais por dia

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Previsão de entrega das novas instalações do Matadouro Regional de Viçosa é para o final do mês de setembro próximo Previsão de entrega das novas instalações do Matadouro Regional de Viçosa é para o final do mês de setembro próximo (Fotos: Ascom/Seagri)
Texto de Ronaldo Lima

Para acompanhar os trabalhos das obras em andamento, o governador de Alagoas, Renan Filho, o secretário de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, Álvaro Vasconcelos, e técnicos da Seagri e Serveal, visitaram as instalações do futuro Matadouro Regional de Viçosa. A comitiva percorreu parte da área em construção.

 

Em atividade, o novo frigorífico vai atender às necessidades dos nove municípios que compõem a região do Vale do Paraíba, com uma estrutura dotada de currais, salas administrativas, vestiários, caldeiras, subestração, bloco de abate, necropsia, pocilga, lagoas de tratamento e depósito para cascos e chifres.

 

Construído numa área de 2.300 m², o matadouro regional terá, além de instalações e equipamentos modernos, câmara frigorífica, boxe de atordoamento automático, bloco para abate e processamento de carne, vestuários, lagoa para processamento de resíduos.

 

 

Para o empreendimento, o Governo de Alagoas está investindo recursos da ordem de R$ 9,6 milhõe e, quando estiver em operação, terá capacidade para abater 150 animais por dia, entre bovinos, caprinos e suínos.

 

Para o governador Renan Filho, o novo espaço vai atender todos os requisitos exigidos pelas legislações federal e estadual, visando oferecer um ambiente adequado para o abate de animais, com condições de higiene e de trabalho aos produtores.

 

“O objetivo do Governo de Alagoas é oferecer aos produtores da região um matadouro com todas as estruturas adequadas, para que se possa oferecer carne com segurança alimentar à população”, assegura o governador.

 

Como informa o secretário da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, Álvaro Vasconcelos, o matadouro vai oferecer à população produtores de qualidade e, sobretudo, evitar o abate clandestino de animas na região.

 

A previsão de entrega das novas instalações é para o final do mês de setembro próximo.