AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quinta, 18 Maio 2017 09:25
PREVENÇÃO

Seris dissemina campanha de vacinação contra o H1N1 no Complexo Penitenciário

Servidores e reeducandos são imunizados pela Gerência de Saúde; mais de 6.600 serão aplicadas até o dia 30 de maio

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Ressocialização promove saúde dos servidores e apenados com ações preventivas no sistema prisional Ressocialização promove saúde dos servidores e apenados com ações preventivas no sistema prisional Ascom

No Complexo Penitenciário, servidores e custodiados estão sendo imunizados contra a gripe H1N1. O procedimento, coordenado pela Gerência de Saúde da Seris da Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris), segue a recomendação do Ministério da Saúde. A estimativa com a campanha é atender toda a população carcerária até o dia 30 deste mês.

 

5.500 doses da vacina serão aplicadas nos reeducandos que cumprem pena no regime fechado e outras 1.600 doses irão imunizar os servidores penitenciários. A campanha demonstra a preocupação da Secretaria de Ressocialização para promover a dignidade e qualidade de vida da população carcerária, conforme prevê a Lei de Execuções Penais.

 

A gerente de Saúde da Seris, Larissa Vital, destaca que a vacinação no sistema prisional beneficia toda a sociedade. "Com as visitas e rotatividade de internos os problemas que acometem as unidades penitenciárias podem se propagar para o meio social. A população carcerária tem aumentado, por isso todo trabalho de prevenção que promova a saúde é essencial", disse.

 

Uma equipe da Gerência de Saúde ficará disponível para atender os servidores da Seris no período de 15 a 19 de maio, das 9h às 14h, no Centro Administrativo do Complexo Penitenciário.

 

O servidor Allan Dias foi um dos primeiros imunizados. "É o segundo ano que tomo a vacina. Acho importante que a Seris promova o bem-estar dos servidores através da imunização", salienta.

 

Já nos presídios, a campanha atendeu o Presídio Santa Luzia, na terça-feira, e o Centro Psiquiátrico Judiciário, na quarta-feira (17). Os próximos atendimentos ocorrerão no Presídio de Segurança Máxima, dia 18, Penitenciária de Segurança Máxima, dias 19 e 22, Presídio Cyridião Durval, dias 23 e 24, Presídio Baldomero Cavalcante, dias 25 e 26, e Casa de Custódia, dias 29 e 30.

 

Indicações

Devem receber a vacina crianças de seis meses a cinco anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhador de saúde, idosos (a partir de 60 anos), povos indígenas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos sob medida socioeducativas, além de portadores de doenças crônicas não transmissíveis.

 

Pessoas alérgicas a ovo, que tiveram reação alérgica a vacina anteriormente ou apresentam quadro de febre devem evitar a imunização.