Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Terça, 16 Maio 2017 18:08
AÇÃO INTEGRADA

Mais de 270 animais silvestres são resgatados na região de Arapiraca

Durante dois dias de ações, equipe realizou apreensões em feira livre e em residências

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Ação resultou no resgate de 274 animais, a maioria pássaros como galos-de-campina, caboclinhos, extravagante e um exemplar do sete-cores, que encontra-se  sob o risco de extinção Ação resultou no resgate de 274 animais, a maioria pássaros como galos-de-campina, caboclinhos, extravagante e um exemplar do sete-cores, que encontra-se sob o risco de extinção (Fotos: Ascom/IMA)
Texto de Wanessa Santos

No segundo dia de ações da Fiscalização Preventiva Integrada, coordenada pelo Ministério Público Estadual (MPE), a equipe de Fauna do Instituto do Meio Ambiente (IMA/AL) apreendeu, nesta terça-feira (16), 117 animais silvestres na feira livre de Arapiraca e em residências do município e região. Esse montante, somados a outros 157 apreendidos na segunda-feira (15), resultaram no resgate de 274 animais.

 

As ações da equipe de Fauna do IMA/AL tiveram início na manhã de segunda-feira (16), na feira livre, resultando na apreensão de 77 animais. Dentre eles estavam pássaros como galos-de-campina, caboclinhos, extravagante e um exemplar de pintor verdadeiro, o famoso sete-cores, que encontra-se  em situação vulnerável, sob o risco de extinção.

 

Segundo Epitácio Correia, gerente de Fauna, Flora e Unidades de Conservação do IMA/AL, foram detidas quatro pessoas e levadas para a Delegacia Regional de Arapiraca, onde, além do procedimento administrativo de autuação, foi realizado também o procedimento criminal.

 

No meso dia, no período da tarde, os fiscais realizaram diligências em residências do município e resgataram outros 80 animais. Na manhã da terça-feira (16), foram encontrados mais 115 animais silvestres, sendo dois jabutis e diversas aves.

 

Além dos animais, o Batalhão da Polícia Ambiental (BPA) também apreendeu uma arma de fogo calibre 12 em uma das residências fiscalizadas. O infrator foi conduzido à delegacia para realização dos procedimentos. Um auto de infração foi lavrado.

 

Os animais resgatados em boas condições foram reintroduzidos ao seu habitat natural. Os demais, que necessitavam de cuidados, foram levados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), na sede do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em Maceió.

 

Alem do IMA/AL, fazem parte desse trabalho de fiscalização, o Ministério Púbico do Estado de Alagoas (MPE/AL), Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Polícia Militar de Alagoas (PMAL), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Polícia Rodoviária Federal (PFR/AL), entre outros órgãos. As ações prosseguem até o dia 26 de maio.