AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Terça, 16 Maio 2017 16:46
APRENDIZADO DE QUALIDADE

Pais e estudantes comemoram nova escola de ensino integral em Murici

Escola Benedita Maria Rufino de Chagas Coelho tem capacidade para atender 1.200 alunos

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Conta com quadra poliesportiva, laboratórios de línguas, matemática, robótica e química, biblioteca e campo society Conta com quadra poliesportiva, laboratórios de línguas, matemática, robótica e química, biblioteca e campo society (Fotos Valdir Rocha)
Texto de Lucas Leite

O governador Renan Filho e o vice-governador e secretário de Estado da Educação Luciano Barbosa inauguraram, nesta terça-feira (16), a Escola Estadual de Ensino Integral Benedita Maria Rufino de Chagas Coelho, em Murici. Nesta semana, a cidade está comemorando 125 anos de emancipação política.

 

Durante a solenidade, que também contou com a presença do prefeito Olavo Neto, houve ainda apresentação de um grupo de capoeira e da banda marcial da cidade.

 

A unidade escolar, a primeira de ensino integral do município, atende aos moradores do conjunto Olavo Calheiros, que recebeu moradores que perderam suas casas na enchente que atingiu os estados de Alagoas e Pernambuco em 2010.

 

 

De acordo com Barbosa, em todos os municípios que ele tem visitado é possível sentir o clima de envolvimento dos servidores da Educação, engajados em proporcionar um ensino de qualidade para os estudantes da rede pública estadual.

 

"Viver com dignidade e abrir todas as portas para as pessoas terem uma vida melhor. A educação é a melhor coisa que podemos ofertar para as pessoas de uma classe mais humilde. Por meio dela podemos incentivar os nossos alunos a construírem uma Alagoas melhor", afirma o secretário Luciano Barbosa.

 

A responsável pela 7ª Gerência Regional de Educação (Gere), Roseane Vasconcelos, parabeniza o Governo do Estado pela iniciativa de implantar uma escola de ensino integral no conjunto habitacional.

 

 

"O Governo está de parabéns pelo aparato que a escola oferta. Agora, o aluno não precisa mais se deslocar para o Centro da cidade, que fica longe do conjunto, para estudar. Por ser mais próximo de casa e pelo fato de os alunos passarem o dia todo na unidade, os pais se sentem mais seguros, pois sabem que os seus filhos estão sendo bem cuidados", explica Roseane.

 

Joseneide Rodrigues da Silva, mãe de uma estudante da 2ª série do ensino médio da escola, corrobora com a explicação da gerente.

 

 

"Eu moro no conjunto [Olavo Calheiros] e estou amando a ideia do ensino integral. A gente se sente mais tranquilo, sabendo que os nossos filhos estão dentro do colégio. O ensino integral proporciona um desenvolvimento melhor para os nossos filhos, e os prepara melhor para o mercado de trabalho", afirma Joseneide.

 

Estrutura

 

Além de ofertar o ensino integral, a unidade escolar, que tem capacidade para atender 1.200 alunos, conta com quadra poliesportiva, laboratórios de línguas, matemática, robótica e química, biblioteca e campo society.

 

 

A diretora Maria Liege Crisóstomo de Medeiros, elogia o espaço educacional. “Quando os alunos chegam, eles não querem mais sair. O desafio está sendo grande, uma vez que o ensino integral é uma novidade em Murici. Mas, ao mesmo tempo, é muito prazeroso. Temos um corpo de estudantes e professores muito engajados, que aprendem uns com os outros", conta Maria Liege.

 

Maria Tatiana da Silva, de 16 anos, recitou uma poesia em cordel em homenagem à escola, elaborada em parceria com mais cinco estudantes da 2ª série do ensino médio. Nos versos, os alunos ressaltaram o que mais gostam na escola.

 

"A diretora nos convidou para fazer uma apresentação e, de pronto, decidimos fazer uma poesia, pois achamos que ela poderia sintetizar diretamente o que sentíamos. O que eu mais gosto aqui são os projetos", diz Tatiana.