Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Terça, 16 Maio 2017 11:38
SUSTENTABILIDADE

Semarh foca na educação ambiental durante a FPI do Rio São Francisco

Objetivo é alertar população acerca da preservação do meio ambiente

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Semarh também está focada em ações voltadas à prática da educação ambiental durante a 7ª edição da FPI do São Francisco Semarh também está focada em ações voltadas à prática da educação ambiental durante a 7ª edição da FPI do São Francisco Ascom
Texto de Débora Rosset

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) está participando da 7ª etapa alusiva à Fiscalização Preventiva Integrada do Rio São Francisco (FPI do São Francisco) com ações voltadas à prática da educação ambiental.

 

Para mais esta edição da FPI, foi enviada a campo a equipe da Gerência de Resíduos Sólidos da Semarh, formada por Kamila Aderne, Magdally Costa, Domênica Didier e Elisângela Tavares para desenvolver as ações com vistas à preservação ambiental.

 

Com o início das atividades na última segunda-feira (15), a Semarh já colocou em prática as palestras sobre coleta seletiva e gestão responsável dos resíduos sólidos no município de Craíbas, localizado no agreste alagoano.

 

De acordo com a gerente de Resíduos Sólidos da Semarh, Elaine Melo, a população será a grande beneficiada com a atuação do governo.

 

"Durante a FPI conseguimos exemplificar como o resíduo descartado de forma incorreta ou o desmatamento prejudicam o meio ambiente. Então, nós atuamos na educação para que as pessoas tenham consciência em preservar e cuidar o local em que vivem", destaca Elaine Melo.

 

A FPI

A nova etapa da FPI do São Francisco terá o protagonismo de 24 órgãos estaduais e federais, além de instituições de classe e sem fins lucrativos, com atribuição na esfera ambiental.

 

Serão 11 equipes indo às ruas todos dias: resíduos sólidos e extração mineral; produtos de origem animal e vegetal; abastecimento de água e esgotamento sanitário; ocupação irregular às margens do São Francisco e produtos perigosos; aquática; centros de saúde; fauna; flora; educação ambiental; patrimônio cultural e comunidades tradicionais; e a equipe base.

 

Cinquenta municípios integram a Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco em Alagoas e, nesta etapa, cinco serão alvos da FPI no estado. Ao final da operação, será realizada uma audiência pública para apresentar os resultados da fiscalização preventiva integrada para os gestores municipais, representantes da sociedade civil e organizações sociais da região. Ela será realizada no dia 26 de maio, às 14h, no Planetário, localizado na margem do Lago Perucaba, em Arapiraca.