AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Segunda, 20 Março 2017 16:41
INCLUSÃO PRODUTIVA

Governo de Alagoas lança Plano de Desenvolvimento do Canal do Sertão

Plano vai beneficiar, inicialmente, 132 familias de pequenos agricultores da região

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Plano visa a efetiva emancipação da população sertaneja, com políticas de inclusão produtiva, baseadas no tripé água, assistência técnica e acesso ao crédito Plano visa a efetiva emancipação da população sertaneja, com políticas de inclusão produtiva, baseadas no tripé água, assistência técnica e acesso ao crédito (Foto: Adaílson Calheiros
Texto de Ronaldo Lima

O Governo de Alagoas, por meio da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri), em parceria com a Universidade Federal de Alagoas e Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (Fida), lançou, nesta segunda-feira (20), no Palácio República dos Palmares, o Plano de Desenvolvimento do Canal do Sertão.

 

Para o governador Renan Filho, o plano apresentado é mais uma vertente para a efetiva emancipação da população sertaneja, com políticas de inclusão produtiva, baseadas no tripé água, assistência técnica e acesso ao crédito.

 

“As áreas produtivas ao longo do canal do Sertão vão dinamizar a economia da região, gerar renda e emprego, e o Governo vai priorizar a assistência técnica, de forma sistemática e contínua”, assegura o governador Renan Filho.

 

Como explica o secretário de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, Álvaro Vasconcelos, o Plano de Desenvolvimento do Canal do Sertão foi concebido com ênfase na transformação social, produtiva e de acesso a mercados com famílias de pequenos agricultores.

 

 

 

“O Canal do Sertão passa a ser a nova fronteira agrícola para Alagoas e, seguramente, será a redenção para o Semiárido, fixando o homem do campo e gerando renda para as famílias dos pequenos produtores”, afirma Álvaro Vasconcelos.

 

Paolo Silveri, gerente de programa para o Brasil do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), destaca a parceria com o Governo de Alagoas, por meio da Seagri, para a execução dos projetos dentro do Plano do Canal do Sertão.

 

“É mais um desafio encarado pelos técnicos do Fida, e a missão da nossa instituição é levar investimentos e apoio técnico para a região do Semiário na região do Nordeste”, reconhece Paiolo.

 

Na elaboração participativa do Plano, feita pelos técnicos especializados das instituições envolvidas, constam no seu conteúdo a construção de 140 módulos de produção e aprendizagem, assessoria técnica permanente, diagnóstico, adução e distribuição de águas para residências.

 

Constam ainda dentro do plano de ação, a capacitação assessoria técnica em organização social, cooperativismo, metodologia participativas de geração de conhecimento, produção irrigada ecológica e organização para a comercialização locais e institucionais.

 

O evento, que aconteceu no auditório Aqualtune, reuniu lideranças políticas, técnicos, produtores, prefeitos e gestores da área.