Notícias

AGÊNCIA ALAGOAS

Governo do Estado de Alagoas
Quarta, 27 Abril 2016 11:51
IMPORTANTE

Implantação da Embrapa é aprovada e certificada em Alagoas

Ata de certificação será entregue ao governador Renan Filho, no dia 4 de maio, durante lançamento do Plano Safra 2016

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
Laboratório da Embrapa: no próximo dia 4 de maio, AL será oficialmente comunicado em Brasília de que empresa se instalará no Estado após certificação confirmada recentemente Laboratório da Embrapa: no próximo dia 4 de maio, AL será oficialmente comunicado em Brasília de que empresa se instalará no Estado após certificação confirmada recentemente Divulgação
Texto de Rafaela Pimentel

 A presença da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) já é uma realidade em Alagoas. Depois de aprovada pelo conselho nacional da instituição e da visita de representantes para um estudo das áreas em potencial para a implantação da empresa, a Embrapa foi certificada para se instalar no Estado. O documento com a aprovação será entregue ao governador Renan Filho, na próxima quarta-feira (5), em Brasília, durante o lançamento do Plano Safra 2016.

 

Uma vez com a certificação em mãos, segundo o secretário de Agricultura, Pesca e Aquicultura (Seagri), Álvaro Vasconcelos, o próximo passo é dar início à implantação da unidade junto com a Embrapa nacional. Com isso, a Embrapa Alimentos Funcionais Aromas e Sabores, como ficará conhecida a unidade em Alagoas, vai ter participação fundamental no desenvolvimento e fomento de diferentes segmentos produtivos na região.

 

“Será um ganho muito positivo para o nosso Estado. Aliada à atuação junto à agricultura familiar, o agronegócio e o setor da indústria, a chegada da Embrapa vai assegurar grandes avanços para o segmento de turismo, até mesmo aos hotéis, bares e restaurantes. A diversificação na área de Aromas e Sabores torna possível esta participação de forma mais ampliada”, destaca Álvaro Vasconcelos.

Mais tecnologia

Outro diferencial para Alagoas será o trabalho da Embrapa enquanto centro de pesquisa. A empresa promete proporcionar um maior suporte na implantação de novas tecnologias, assim como a abertura de fronteiras com mercados voltados, sobretudo, para a agricultura familiar. O resultado será um Estado mais ativo entrando em um novo momento de potencialização produtiva, como ressalta o diretor-presidente do Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Alagoas (Emater), Carlos Dias.

 

“A expectativa é por mais mudanças e melhorias ao segmento. A Embrapa terá um papel fundamental para o crescimento da capacidade técnica, qualidade do serviço e condições de trabalho. Teremos profissionais mais capacitados, elaboração de projetos mais direcionados ao homem no campo e consequentemente vamos elevar o nível da produção e atividades dos nossos agricultores”, comemora o diretor-presidente.